Artigo 5 – Vol. 5 N. 1


Membranas de Borracha natural crua utilizados como suporte para partículas de Dióxido de Titânio: Síntese, Caracterização e Avaliação térmica por TG-DTG e DSC

Autores
Jusinei M. Stropa, Aline S. Herrero, Silvanice A. Lopes dos Santos, Alberto A. Cavalheiro, Amilcar Machulek Jr, Lincoln C. S. Oliveira.
Recebido em
 19 de Agosto de 2016
Aceito em
 11 de Setembro de 2016
Publicado em
 01 de Outubro de 2016
DOI
 10.18362/bjta.v5i1.5
Páginas
 31 a 38
Keywords
 Borracha Natural, Dióxido de Titânio, Termogravimetria, Calorimetria Exploratória Diferencial

 

Resumo

No presente trabalho catalisadores de TiO2 foram preparados pelo método sol-gel e incorporados em membranas de borracha natural nas quantidades de 0, 5, 10 e 15% (massa/massa). Os materiais obtidos foram caracterizados por difratometria de raios-X (DRX), microscopia eletrônica de varredura (MEV), termogravimetria (TG-DTG) e calorimetria exploratória diferencial (DSC). A partir das técnicas utilizadas foi possível avaliar que o material cerâmico se apresenta na fase anatase e não influencia na estabilidade térmica da borracha, que permanece com temperatura T0 próxima a 300 °C. A temperatura de transição vítrea da borracha também não é alterada pelo TiO2, permanecendo próxima a -63 °C. As características físicas e químicas bem como a morfologia das membranas obtidas, evidenciam que a borracha natural crua se mostra interessante para tal aplicação.
Download do Artigo
 download24

arrow-turn-left24

Deixe um comentário