Editorial Vol. 7 N. 1


Editorial


Giri

Fiquei extremamente honrado em poder escrever esta contribuição. Ao olhar para o passado, lembro que em 2003 um professor me mostrava pela primeira vez uma curva termogravimétrica. Ele disse na ocasião: “Luiz, se eu te der 10 reais eu fico sem essa quantia. Se eu te ensinar a interpretar essa curva DSC, você ganha esse conhecimento, eu aprendo a passá-lo e ambos ganhamos” .

O Professor Ivo Giolito deixou um legado imensurável e também formou grandes mestres. Um deles em especial: o Professor Massao Ionashiro.

Dizer que o respeito e a honra aos pais é importante como a própria vida pode soar incomum nos dias atuais. Normal é, no entanto, para o comportamento presente na cultura japonesa tradicional. Ainda sobre a cultura japonesa, nunca se conseguiu uma tradução literal para os ideogramas como kanjis – isso sem dúvidas os limitariam. Giri (leia-se gui-rí) neste contexto, seria algo como “dever de gratidão”.

Observando e convivendo com os eternos orientados do Prof. Massao, notei que sempre se reportam a ele com a mesma consideração que dedicariam aos próprios pais. Isso é algo natural e fruto da gratidão – ou giri – por agradecimento a todos os ensinamentos das técnicas termoanalíticas compartilhados e por repassar seu belo exemplo de vida.

Tive a grata sorte de poder aprender com dois orientados do Prof. Massao: Prof. Marco Aurélio (Nérso) e Prof. Egon. As palavras citadas no início, inclusive, vieram do Nérso. Hoje afirmo que praticamente tudo o que tenho e sou é por conta diretamente dos meus professores orientadores, no entanto, não esqueço jamais de quem os ensinou. Nem todos pensam assim mas sei que não sou o único.

Por fim, com o tempo entendi o tal ganho conjunto que temos ao disseminar corretamente a análise térmica. Ouvi dizer que o Prof. Giolito era um sujeito simples e de bom coração. De repente o legado deixado tenha que ser repassado dessa maneira. Sorte a nossa!

Um grande abraço termoanalítico e aproveitem esta edição da nossa BJTA.

Prof. Dr. Luiz Gustavo Lacerda
Universidade de Estadual de Ponta Grossa

 

 

15/03/2018

arrow-turn-left24

Deixe um comentário